1.5.11

cartas para ti 1#

" Estou aqui, deitada na minha cama há espera de algo. De uma mensagem, de uma chamada, de uma surpresa tua ... simplesmente estou a espera. Sei que não devia, e nem devo, mas amar-te fala mais alto mesmo que seja um erro amar-te. Fico acordada até tarde sempre há espera de um sinal teu, qualquer coisa mas, nestes últimos dias esses sinais não têm chegado, têm sido retidos por alguma barreira que aos teus olhos não é visivel. Já não me tratas como antes, já não é o mesmo que conheci há 9 meses atrás. Está diferente mas insistes em negar isso com todas as tuas forças. Podes até negá-lo mas eu vejo e sinto. Sinto que tudo está a mudar, e que novamente, alguém está a meter-se entre nós como da última vez. Se realmente for isso, só queria que pelo menos tivesses a bondade de me magoar menos, e que pessoalmente, me disses tudo. Ninguém escolhe por quem se apaixona, ninguém escolhe quem deve amar. Simplesmente ama-mos. Acredita que se tivesse algum tipo de escolha eu não me apaixonaria por ti, mas como já disse ninguém escolhe por quem se apaixona. No passado não escolhes-te apaixonar-te por outra pessoa. Cada célula do teu corpo impelia-te a amar essa outra pessoa e isso eu entendi. Mas, tenta perceber também o meu lado. Amar-te não é um mero capricho, um gosto, um desejo ou um passatempo. Amar-te é um sentimento, é algo tão grande que nem palavras conseguem descrever. Quando te digo que nunca amei ninguém como te amo a ti é verdade. És o único por quem alguma vez chorei, és o único por quem eu alguma vez pensei dar a vida se necessário, és um único por quem eu faria tudo, e sabes o que faço agora? Espero. Não posso fazer mais nada se não esperar, deitada nesta cama, dentro das 4 paredes que envolvem o meu mundo. "

6 comentários:

Catarina disse...

Gostei muito*
adoro a musica: adele

Catarina disse...

talvez seja altura de abrandares essa luta porque não deve merecer portanto. nao tens de que :)

Catarina disse...

exacto. eu tbm. ou se nao um de stand-by

blessedwithacurse.blogspot.com disse...

Amor, olá. *-*

by: itneverends1 / fotolog.

blessedwithacurse.blogspot.com disse...

Desculpa não ter ido ao teu também e só hoje é que fui ao meu blog antigo por isso encontrei o teu blog, como podes ver, decidi começar de novo. As coisas aqui não andam muito famosas, mas vai-se tento viver. E ai como andas?
Obrigada meu amor, ainda não está pronto. (L) *-*

blessedwithacurse.blogspot.com disse...

Não estão? então? ;c

«3